Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

domingo, 17 de junho de 2007

65.ª Página Caldense

CÃO COMO NÓS
MANUEL ALEGRE

"Cão como tu, dizia ela. Mas a verdade é que o cão, quando ela era bebé, a protegia contra tudo e contra todos, mesmo contra a minha mãe. Foi uma noite, num velho hotel das Caldas. Ela estava a dormir num quarto ao lado de minha mãe. [Pág. 29]

Então começou a caçar sozinho. Sobretudo na Foz do Arelho. De quando em quando aparecia com um coelho ou uma perdiz na boca, todo contento a dar ao rabo. [Pág. 40]

Não entres assim comigo nesta água escura, estamos na Foz do Arelho e isto não é um verso traduzido do irlandês, menos ainda um título de um romance, sequer uma paráfrase, é o mar da Foz, o Atlântico em estado puro, o mar mais bravo e mais íntimo que conhecemos, o nosso mar, há ondas de dois ou três metros, aquele corveiro está com ceerteza cheio de robalos, não entres assim comigo nesta água escura." [Pág. 63]

[Cão Como Nós, Novela. Manuel Alegre. Editor: Publicações Dom Quixote. 1.ª Edição, Setembro de 2002. 117 páginas numeradas + capas. ISBN 972-20-2301-2]

1 comentário:

pisQáá disse...

ja li este livro e ate achei interessante :D bj*