Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

216.ª Página Caldense

AO FIM DA MEMORIA
Memórias 1906 - 1939 - 1.º Volume
FERNANDA DE CASTRO

"Logo quer o médico me deu alta, lá fomos todos, convidados pela Manuela e pelo meu cunhado Raul Gilman, para a Quinta do Sande, nas Caldas da Rainha, onde eles, habitualmente, passavam o Verão.

A vida nas Caldas era muito divertida e foi lá que conheci a minha querida Mané (Maria Manuela Lima de Carvalho) que afirma a pés juntos ter sido eu que a ensinei a dançar o charleston, o que deve ser engano dela e não meu, como ela pretende, porque eu era mestra, sim, mas no black bottom e não no charleston, que dançava, também, mas não o suficiente para a ensinar.

Havia muitas festas nas quintas e nas ganadarias próximas, com ferras, tentas, largadas de toiros, etc.

Elegantíssima nos seus impecáveis fatos de amazona, a minha irmã Manuela andava horas atrás dos toiros, a cavalo, com os campinos, sem nunca mostrar o mínimo receio.

Uma vez fomos a uma festa deste género nas Gaeiras e os convidados que não montavam ficavam sentados em bancos de pau sobre os curros, assistindo, assim, ao trabalho dos campinos e à largada dos toiros." [...] [Pág. 205 a 207]

[Ao Fim da Memória. Memórias 1906-1939 - Primeiro Volume. Fernanda Castro. Obras Completas de Fernanda Castro. Círculo de Leitores. Edição de Dezembro de 2005. ISBN 972-42-3585-8]
O meu agradecimento à Teresa Perdigão pelo cedência desta fonte bibliográfica caldense.

Sem comentários: