Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

213.ª Página Caldense

VICTÓRIA
Número Único - 31 de Julho de 1898
RAFAEL BORDALO PINHEIRO

Homenagem a José António D'Araujo

"Meu poeta, d'aurea fronte,
Meu velho rapaz!... Agora,
Cantas, como Anacreonte,
E, no límpido horizonte,
O teu sol-posto - é aurora!

Quando ao cabo de cem anos
Tentarem pôr-te o «Aqui jaz»,
Na pedra dos desenganos,
Eu bradarei aos profanos:
-«Ohem que é vivo e rapaz!»

Bulhão Pato

Sem comentários: