CAVACOS DAS CALDAS II

DICIONÁRIO GRÁFICO BORDALIANO

alguns livros, cerâmicas, belos gatos e algo mais...



quarta-feira, 19 de setembro de 2007

152.ª Página Caldense

ALMANAQUE ILUSTRADO DO JORNAL O SÉCULO
22.º ANO - 1918
"RAFAEL BORDALO PINHEIRO"

"O ilustre mestre do lápis, Bordalo Pinheiro, que ainda não encontrou quem o substituísse na forma irónica como tratou de todos os ridículos do seu tempo, repousa no jazigo dos viscondes de faro, seus muito amigos e admiradores, no cemitério dos Prazeres, e do qual damos fotografia. O Almanaque do Século presta culto à memória do grande artista nesta singela manifestação de saudade, arquivando nas suas páginas a última jazida do desditoso Bordalo, que sucumbiu depois de uma luta brilhante de trabalho, em que todas as suas faculdades se revelaram o que sempre foi: artista genial."

[Almanaque Ilustrado do Jornal O Século. 22.º Ano. 1918. 175 páginas numerdas + capas. Dimensão: 14,00 cms x 19,40 cms. Impresso a preto. Contém publicidade.]

Sem comentários: