Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

quarta-feira, 2 de maio de 2007

Dois Dedos de Conversa


Hoje, dia 3, Cavacos das Caldas, faz um mês.

Impõe-se um momento de pausa para dois dedos de conversa.

Conversa com quem ao longo do mês, visitou estas Páginas Caldenses e nelas deixou impressa a sua opinião.

Mas antes, duas especiais lembranças.

À Joana, que muito pacientemente, me lançou na blogosfera. Professora: já faço "postagens", adiciono imagens, altero datas e introduzo links!

Ao Zé Ventura, o grande responsável por estas minhas divagações por este novo mundo; é com ele que quase diariamente troco impressões sobre o melhor método de "blogar". Aprendo sempre qualquer coisa; e quando deparo com um qualquer problema, lá vai o meu teclado parar às suas mãos.

Surgem então os meus leitores e dou a palavra aos meus comentaristas.

Rolando, sempre amigo, envia-me palavras gratas de ler;

Maria, a misteriosa visitante das noites calmas, de quem já me sinto cúmplice;

Luis Eme, teclado de mil passeios e notícias, noticia-me;

João, acompanha-me saboreando um longo (certamente, fresco) drink, pelas vias imaginárias de uma cidade em construção;

João Norte oferece-me versos...

É boa a vossa companhia. Continuem a aparecer.

Eu por aqui vou estar, com mil e um livros de braçado. Alguns das Caldas, outros do meu sedutor cúmplice, Bordalo Pinheiro.

E alguns mais: os autores e os livros de que eu gosto.

E de quando em quando, inevitavelmente, um gato ...

Como quase tudo na vida, também a blogosfera é um universo de (boas) cumplicidades.

Continuarei a partilhar leituras.

3 comentários:

Rolando... sempre disse...

Tenho andado fisicamente ausente e faz-me falta a cavaqueira e o "veneno".
Nem aos "Cafés" pude ir ... mas a visita é diária, agora que a Loja está sem horário!

Maria disse...

É sempre com enorme curiosidade que leio os blogues da minha terra.
Quando vi linkado no luis eme "cavacos das caldas" fui a correr, pois o nome era apelativo...
Não passo aqui todos os dias, o tempo não deixa, mas faço-o sempre que posso.
Da próxima vez que for aí à 107 identifico-me, Isabel.

Um beijo

Ze Ventura disse...

Uma vez que já fizeste os elogios que tinha-mos combinado, já podes levantar o cheque na segunda-feira.