CAVACOS DAS CALDAS II

DICIONÁRIO GRÁFICO BORDALIANO

alguns livros, cerâmicas, belos gatos e algo mais...



quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

346.ª Página Caldense

ROTEIRO BREVE DA BANDA DESENHADA EM PORTUGAL
Desde a Picaresta Viagem à Pior Banda do Mundo
CARLOS PESSOA


"Existe um acto fundador da banda desenhada portuguesa, uma data a partir da qual se possa considerar estarmos perante histórias aos quadradinhos no sentido moderno do termo? Sim, respondem os especialistas. Para uns, a resposta consiste em "conferências Democráticas", de Rafael Bordallo Pinheiro, publicada em 1891 em A Berlinda, que João Paiva Bóleo e Carlos Bandeira Pinheiro consideram ser a primeira banda desenhada nacional. Para outros, porém, só se pode falar autenticamente em banda desenhada a partir de Apontamentos de Raphael Bordallo Pinheiro sobre a Picaresca Viagem de do Imperador Rasilb pela Europa, também de Raphael Bordallo Pinheiro, publicada em álbum em 1872. "[Pág. 12]


[Roteiro Breve da Banda Desenhada em Portugal, da Picaresca Viagem à Pior Banda do Mundo. Carlos Pessoa. Editor: CTT Correios de Portugal SA. Edição realizada em Junho de 2005, por Norprint, numerada e autenticada pelo Editor, com uma tiragem limitada a 7000 exemplares contendo os 4 selos e o bloco da emissão filatélica "Heróis Portugueses da Banda Desenhada". ISBN 972-9127-94-8. Exemplar 2978.]

Sem comentários: