Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

sábado, 18 de agosto de 2007

124.ª Página Caldense

LISBOA LIVRO DE BORDO
Vozes, Olhares, Memorações
JOSÉ CARDOSO PIRES


"Outros Bichos, outras Lisboas"

"Rafael Bordalo Pinheiro veio à luz na Rua da Fé e aposto que desde o berço teve sempre um gato a fazer-lhe companhia. Um gato burguês necessariamente.Um dos muitos que ele deixou por todo o lado, a começar no da caricatura de si próprio e a acabar nos das peças de cerâmica que o tornaram genial. Gatos em barro de esmalte colorido:um, assanhado, em cima de uma tampa dum bule, outro, pachorrento, a servir de escarrador, outros a espreitarem do fundo de um prato decorativo ou a repetirem-se em relevos dum friso de salão.

E de repente salta uma rã. Não é da de espantar porque a rã é uma das personagens mais estimadas do Mestre. Mas surpreende pelo atrevimento com que se apresenta: podemos vê-la a fumar charutos os painéis da Tabacaria do Rossio, que era uma das capelinhas dos intelectuais do fim do século com o Herculano à cabeça, e se quisermos em bibelot, em objecto de usos doméstico ou em relevo vidrado é parte só estarmos atentos que ela não tarda a aparecer."[...] [Pág. 54]

[Expo'98 / Publicações Dom Quixote. Edição encadernada a pano. Sem indicação de data de edição (1997 ?) ISBN 972-20-1422-6 - Exemplar com dedicatória do autor assinada em Frankfurt, no ano em que Portugal foi o país convidado. ]

1 comentário:

Maria disse...

"Faz parte dos animais campestres que Bordalo recuperou para a decoração duma burguesia urbana ainda carregada de romantismo rural" (Pág. 54)
(do mesmo livro...)

Este blogue continua a ser obrigatório...