CAVACOS DAS CALDAS II

DICIONÁRIO GRÁFICO BORDALIANO

alguns livros, cerâmicas, belos gatos e algo mais...



sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Reportagem à Distância


Tenho por hábito quase diário uma visita ao Blogtailors, da responsabilidade dos Booktailors.

É um blog cujo conteúdo incide sobre o universo editorial, livreiro e cultural; os textos são tratados com grande actualidade, seriedade e profissionalismo.

Considero este blog uma fonte de informação profissional de consulta obrigatória, tanto mais que não me encontro propriamente onde as coisas "importantes" se passam; quer a gente queira quer não, é em Lisboa, que quase tudo vai acontecendo (pelo menos noticiado).

Qualquer notícia referente ao vasto mundo dos livros, nas suas mais variadas vertentes, é transcrita pelos autores deste blog. E os diversos "postes" são frequentemente enriquecidos com os comentários que suscitam.

Por vezes, lá surgem umas opiniões mais discordantes; mas a polémica é saudável, é, não é?

Ontem, ao fim da tarde decorreu na Casa Fernando Pessoa a apresentação do livro “Livros em abundância” da autoria de Gabriel Zaid; uns dias atrás neste blog, este livro mereceu-me uma muito ligeira reflexão.

Personalidades de fortes nomes na área do livro, foram os seus apresentadores: editores, escritores, tradutores.

A novidade está no facto de Blogtailores ter utilizado uma nova ferramenta chamada twitter, possibilitando assistir à distância e quase em tempo real à conversa a recorrer em Lisboa.

Minuto a minuto o repórter de serviço, Paulo Ferreira, ia transcrevendo as ideias chaves expressas pelos participantes, todos eles de grande experiência e profundos conhecedores do assunto em questão.

Só tomei conhecimento das frases chaves e não do discurso total; penitencio-me pelo facto, porque esta conversa era merecedora de uma deslocação a Lisboa. Mas tal não foi possível.

E lamento muito mais porque a informação que até mim chegou, deixou-me com água na boca; soube-me a pouco.

Será que foi falada a actual situação do livro em Portugal? Falou-se ou não que também por cá se publicam livros a mais? Referiu-se a situação difícil sentida por grande parte dos intervenientes do sector? Foi referida a taxa de leitores? E de compradores? E das diferenças de práticas comercias praticadas?

Voltemos ao Blogtailores: podemos ler neste blog notícias referentes às situações de profunda alteração de mercado vividas por este sector em países como, Inglaterra, França, Alemanha, Espanha, Estados Unidos, etc.

Noticias que nos digam directamente respeito; salvo erro, uma única: o lamentável fecho da Byblos.

Nada se passa por cá? Vivemos no melhor dos mundos?

Não tenho essa percepção.

Será que quando as coisas correm menos bem, fazemos como a avestruz? Lá metemos a cabeça dentro de terra e esperamos que o tempo passe e que ninguém dê por nós?

E nem sequer falamos no assunto, com receio de sermos apelidados de fracos ou falhados?

Está ou não instalada uma crise no nosso sector editorial e livreiro? Gostava de ver debatido este assunto. Ou ando eu a ver fantasmas onde eles não existem, talvez influenciada pela duplo centenário de Edgar Allan Poe?

Pelo sim, pelo não, recomendo a mim mesma que não comemore efemérides...
[A ilustração inicial deste "poste" é, como não podia deixar de ser, da autoria de Rafael Bordalo Pinheiro]

Sem comentários: