CAVACOS DAS CALDAS II

DICIONÁRIO GRÁFICO BORDALIANO

alguns livros, cerâmicas, belos gatos e algo mais...



sábado, 31 de dezembro de 2011

Top Livros Natalício

Após o jantar natalício e a habitual distribuição das prendas (modestas como requer a situação) apreciam-se as mesmas.
E como não pode deixar de ser os livros ocupam um lugar de destaque, tanto para os mais novos como para os mais velhos.
No dia seguinte na companhia dum cafezinho, pós pequeno-almoço, uma vista de olhos pelos jornais comprados na véspera e ainda não lidos.

E eis que encontro o Top de Vendas da Semana dos Livros, no jornal i (edição do dia 24 de Dezembro), referente a três cadeiras de livrarias:
- Fnac
- Bertrand
- Bulhosa
Curiosamente nenhum dos livros ofertados na minha Noite de Natal consta destas listas.

Peguei na “Actual” do Expresso (edição datada de 23 de Dezembro) e li a rubrica “Os mais Vendidos” da responsabilidade da GFK Marketing Services, que abrange um universo mais vasto, incluindo hiper e supermercados.

Também desta lista não consta nenhum dos livros ofertados na consoada do dia anterior.

Proponho-me fazer um pequeno exercício de comparação entre os dados apresentados pelos diferentes jornais, tendo em atenção que sendo da mesma data (com um dia de diferença) o período da recolha dos elementos apresentados não deve variar muito.

Os livros são apresentados em duas categorias, a saber: Ficção e Não Ficção.

Propus-me analisar um desses Tops - o da Ficção - e se algo me suscitasse um comentário apontá-lo logo de seguida.

O título – O Ultimo Segredo, José Rodrigues dos Santos
– Ocupa o 1.º lugar no top da Fnac
– Ocupa o 1.º lugar no top da Bertrand
- Ocupa o 3.º Lugar no top da Bulhosa
– Ocupa o 1.º lugar no top da GFK Marketing

Não surpreende a posição destacada ocupada pelo Último Segredo; é habitual qualquer título deste autor ocupar sempre os lugares cimeiros dos tops, porque é sabido que se podemos contar com o Pai Natal no dia 24 de Dezembro, é também certo que com ele virá um novo título do José Rodrigues dos Santos,

O título – Dei-te o Melhor de Mim, Nicholas Sparks
- Ocupa o 2.o lugar no Top da Fnac
- Ocupa o 2.º lugar no Top da Bertrand
- Não conta do Top da Bulhosa
- Ocupa o 2.º lugar no Top da GFK Marketing

Um autor de manifesta preferência do público feminino, sem relevo de venda numa cadeia de livrarias localizadas nas principais cidades? No mínimo, estranho…

O Título – Minha Querida Inês, Margarida Rebelo Pinto
- Ocupa o 3.º lugar no Top da Fnac
- Ocupa o 3.º lugar no Top da Bertrand
- Ocupa o 6.º lugar no Top da Bulhosa
- Ocupa o 3.º lugar no Top da GFK Marketing

Quanto à Minha Querida Inês, nada a anotar. Um título dos chamados romances históricos, desta autora e nesta época, é sucesso garantido.

O Título – O Caderno de Maya, Isabel Allende
- Ocupa o 4.º lugar no Top da Fnac
- Ocupa o 4.º lugar no Top da Bertrand
- Ocupa o 1.º lugar no Top da Bulhosa
- Ocupa o 4.º lugar no Top da GFK Marketing

Talvez esteja aqui a explicação para o insucesso de venda do título de Sparks na Bulhosa; O Caderno de Maya, uma autora de pleno agrado do público feminino e com fiéis leitoras, ocupa nesta livrarias o 1.º lugar de vendas enquanto que nos outros Tops desce para 4.º lugar.

O título – Abraço, José Luis Peixoto
- Ocupa o 5.º lugar no Top da Fnac
- Não conta no Top da Bertrand
- Ocupa o 5.ª lugar o Top da Bulhosa
- Não consta no Top da GFK Marketing

O Abraço de Luis Peixoto, não se faz sentir nos tops da Bertrand e da GFK Marketing. Nem o facto de ser publicado por uma das editoras do Universo da Bertrand, o catapultou para lugares cimeiros…

O título: Herança, Christopher Paolini
- Ocupa o 6.º lugar no Top da Fnac
- Ocupa o 5.º lugar no Top da Bertrand
- Não consta no Top da Bulhosa
- Ocupa o 5.º lugar no Top da GFK Marketing

Outro facto estranho: A Herança, um género tanto do agrado de uma juventude crente em seres mitológicos capazes de façanhas espantosas, sem clientes numa das principais cadeias de livrarias, quando nas outras cadeias ocupa lugares muito semelhantes?

O título: 1Q84, Haruki Murakami
- Ocupa o 7.º lugar no Top da Fnac
- Não conta no Top da Bertrand
- Ocupa o 7.º lugar no Top da Bulhosa
- Não consta no Top da GFK Marketing

O fantástico Murakami sem clientes na Bertrand e no universo estudado pela GFK Marketing? Será um livro que não tem clientes em super e hipermercados? Sendo um autor que tem leitores e apaixonados, talvez não dispense o acompanhamento do livreiro.

O Título: Clarabóia, José Saramago
- Ocupa o 8.º lugar no Top da Fnac
- Ocupa o 9.º lugar no Top da Bertrand
- Ocupa o 10.º lugar no Top da Bulhosa
- Ocupa o 9.º lugar no Top da GFK Marketing

- José Saramago tem sempre os seus leitores/clientes fiéis, mesmo para um título recusado editar pelo autor.

O Título: Marquesa de Alorna, Maria José Lopo de Carvalho
- Ocupa o 9.º Lugar no Topo da Fnac
- Não consta no Top da Bertrand
- Ocupa o 3.º lugar no Top da Bulhosa
- Ocupa o 8.º lugar no Top da GFK Marketing

- Estranho a Marquesa não constar do Top da Bertrand. Terá ela fugido para as compras no Chiado?

O Título: O Sentido do Fim, Julian Barnes
- Ocupa o 10.º lugar no Top da Fnac
- Ocupa o 6.º lugar no Top da Bertrand
- Não consta no Top da Bulhosa
- Não Consta no Top da GFK Marketing

- Outro título ausente no Top da Bulhosa e da GFK Marketing, e em lugar de destaque na Bertrand; será que esta visibilidade é devida ao facto de ser um título publicado por uma editora do seu universo?

O Título: O Terceiro Gémeo, Ken Follet
- Não consta no Top da Fnac
- Ocupa o 7.º lugar no Top da Bertrand
- Ocupa o 8.º lugar no Top da Bulhosa
- Não Consta no Top da GFK Marketing

- O Terceiro Gémeo, edição Bertrand, a meio da tabela na Bertrand e na Bulhosa; ausência total na Fnac e na GFK Marketing.

O Título: O Caso Rembrand, Daniel Silva
- Não Consta no Top da Fnac
- Ocupa o 8.º lugar no Top da Bertrand
- Não consta no Top da Bulhosa
- Não consta no Top da GFK Marketing

- Como é que este título de Daniel Silva, tão ao gosto dos leitores dos mistérios de espionagem e acção, só consta do Top da cadeia de Livrarias Bertrand, ligada à editora do livro, e prima pela ausência nos outros Tops?

- O Título: Amigas para Sempre, Fátima Lopes
- Não consta no Top da Fnac
- Ocupa o 10º lugar no Top da Bertrand
- Não consta no Top da Bulhosa
- Ocupa o 7.º lugar no Top da GFK Marketing

- Outro título que consta em dois Tops, em posições mais ou menos igualitárias, e totalmente ausente nos outros.

O Título: Contos Completos 1947 / 1992, Gabriel Garcia Marques
- Não Consta no Top da Fnac
- Não consta no Top da Bertrand
- Ocupa o 9.º lugar no Top da Bulhosa
- Não consta no Top da GFK Marketing

- O posicionamento deste título é surpreendente; o mundo mágico de Garcia Marques só conquista clientes na Bulhosa?

- O Título: Diário de um Banana 5 – Jeff Kinney
- Não Consta no Top da Fnac
- Não consta no Top da Bertrand
- Não Consta no Top da Bulhosa
- Ocupa o 6.º lugar no Top da GKF Marketing

- Este título tão do agrado dos mais jovens, ocupa o sexto lugar no Top da GFK Marketing. Será que as compras efectuadas na Fnac, na Bertrand e na Bulhosa são feitas pelos pais e que nos hiper e supermercados, estes vão acompanhados pelos filhos, que têm algo a dizer quanto às suas preferências?

- O Título: As Gémeas – Catarina no Colégio de Santa Clara – Enid Blyton
- Não Consta no Top da Fnac
- Não consta no Top da Bertrand
- Não Consta no Top da Bulhosa
- Ocupa o 10.º lugar no Top da GKF Marketing



- As Gémeas, um caso em tudo semelhante ao Banana.

Ocuparam os Tops 16 diferentes títulos, sendo 6 de Autores Portugueses e os 10 restantes, traduções.

As Editoras que colocam livros nos tops são 13, a saber:

Gradiva – 1 título
Presença – 1 título
Clube do Autor – 1 título
Porto Editora – 1 título
Quetzal – 2 títulos
Asa – 1 título
Casa das Letras – 1 título
Caminho – 1 título
Oficina do Livro – 2 títulos
Bertrand – 2 títulos
Esfera dos Livros – 1 título
Dom Quixote – 1 título
Booksmile – 1 título

Da totalidade dos títulos considerados, só 2 títulos podem ser considerados dentro da esfera da literatura infanto/juvenil e nenhum deles encontrou lugar nos tops das cadeias de Livrarias.

Depois deste exercício de quem não tem mais nada para fazer, a impressão inicial que tinha, mantém-se; nos Tops acredita quem quer.
A quantas unidades de venda corresponde um 3.º lugar na Fnac?
A quantas unidades de venda corresponde um 5.º lugar no universo da GFK Marketing?
A quantas unidades de venda corresponde um 6.º lugar na Bulhosa?
A quantas unidades de venda corresponde um 2.º lugar na Bertrand?

E porque é que por vezes na páginas da internet dos diferentes grupos livreiros os Tops títulos diferentes?
Tudo bem; já sei: questão de datas.

Mas no meio destes Tops todos que nunca mais acabam um facto encheu-me de alegria; no Top da Bulhosa, nos títulos de não ficção ocupa um brilhante 10.º lugar um livro intitulado: A Fábrica das Faianças das Caldas da Rainha, uma edição de 2008 e com um custo perto dos 50 Euros! Deve-se tal ao facto de o livro apresentar uma nova capa? Seja-me permitida uma manifestação de orgulho local: viva a cerâmica das Caldas! Boas Festas!

1 comentário:

Goma-Lima disse...

Ainda bem que existe :)