Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

terça-feira, 3 de junho de 2008

Imodéstia

Propostas Alternativas, Texto de Sara Figueiredo Costa

“Com a chegada de novas cadeias livreiras, como a Fnac ou, mais recentemente, a Byblos, e o desenvolvimento de outras já existentes, como a Bertrand ou a Bulhosa, o conceito de livraria expandiu-se, remetendo para algo mais complexo do que um local de venda de livros. A existência de cafés, espaços para exposições e pequenos auditórios capazes de acolherem espectáculos tornou-se regra e as excepções começam a ter sérios problemas no acompanhamento da concorrência.

Neste panorama de grande mudança, com os hipermercados a ganharem espaço na venda de livros e com as megas livrarias polivalentes a afirmarem de modo inequívoco a sua supremacia sobre as tradicionais livrarias de bairro e, até, sobre as livrarias históricas dos centros urbanos, outras posturas começam a definir-se no ramo livreiro, juntando-se, assim, aos projectos mais antigos que conseguiram resistir.

Livrarias como a 107, nas Caldas da Rainha, a Lello, no Porto, ou a Gil, em ponta Delgada, são bons exemplos com vários anos que souberam resistir à concorrência imposta pelos grandes grupos livreiros. Bem inseridas nos seus meios, oferecem um trabalho de rigor no quer toca à disponibilização de fundos editoriais e à procura de livros menos acessíveis. Sabem que livreiros com formação adequada e bom conhecimento de livros e autores são um dos segredos do negócio, a par com o serviço ao cliente, personalizado, capaz de aconselhar, se preciso for, em função de gostos e interesses. Tudo coisas complicadas nas grandes livrarias, mais dadas à rotatividade dos seus empregados e nem sempre capazes de acompanharem de um modo tão próximo como estes espaços quase familares.”

In: Os Meus Livros, Número 64, Ano 7, Junho de 2008

1 comentário:

Luis Eme disse...

imodéstia? não necessariamente.

eles falem em exemplo... em capacidade de resistir...