CAVACOS DAS CALDAS II

DICIONÁRIO GRÁFICO BORDALIANO

alguns livros, cerâmicas, belos gatos e algo mais...



domingo, 23 de dezembro de 2007

Boas Festas (2)

A "MINHA" ÁRVORE GANHOU VIDA
AS BOAS FESTAS DA CRIANÇADA DA ESCOLA DA ENCOSTA DO SOL


PUER NATUS EST NOBIS

"Dos contos de fadas da
minha infância, esta da Divina
Criança era dos mais maravilhosos. Não
faltavam os exóticos magos guiados
pela mística estrela, a noite gelada, os
mansos animais, o desvalido ermo, a pobreza
transformada em glória. O bem
sucedido parto de uma virgem, tantos séculos
antes das pesquisas genéticas. O pior
foi quando quiseram contar o Tempo
a partir desta história. Podiam ter escolhidos
outra, com um fim menos cruel. Antes
a da Cinderela ou a do Príncipe Sapo, onde
todos viveram felizes para sempre. Sempre?
E o que é?

Sempre?"
Inês Lourenço

Sem comentários: