Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

sábado, 3 de novembro de 2012

1.ªs. Edições versus Edições On Demand

Coleccionar raridades biográficas de determinado tema é um dos meus prazeres. Tenho três temas preferenciais, estando à cabeça os livros de e sobre Rafael Bordalo Pinheiro. Mas entre estes temas encontra-se também “Caldas da Rainha”.

Caldas da Rainha, devido à sua história, de mais de 500 anos, intimamente ligada ao termalismo, é um tema rico, por isso é substancial a existência de bibliografia que lhe é referente.

Uma pequena preciosidade é o livrinho de D. Luis Vermell e Busquets, intitulado “Origem do Real Hospital e da Vila das Caldas da Rainha” editado em 1878.

Consegui adquirir um exemplar depois de anos em sua perseguição; em relativo bom estado, custou-me uma determinada importância que o bom senso me convida a omitir.

Com 38 páginas, mais capas, de pequeno formato (14x10,5 cms.) é um dos livros da minha colecção que me dá mais prazer possuir, quer pela eu conteúdo informativo, quer pela sua raridade.

Um dia destes, andando a navegar num dos grandes sítios mundiais de oferta de livros, encontrei a informação sobre a existência da “Origem” em edição on demand (Printed in the USA).

Com franca curiosidade encomendei o livro. Passados uns parcos 10 dias, recebi-o. Custou-me 12,20 Euros, incluindo portes.

Vantagens desta edição: acesso fácil ao livro e o seu custo. Factores negativos de apreciação: Não respeita o formato original e a capa é verdadeiramente surpreendente. De onde terá sido recolhida a imagem que a ilustra? Nas Caldas, não foi de certeza.

Para mim, o meu frágil exemplar tem muito mais valor; uma primeira edição com 134 anos, que folheio com gosto e com a delicadeza exigida pela sua longevidade.

Para recolher informação, livros on demand; para possuir, guardar e desfrutar, sem qualquer sombra de dúvida, 1.ªs Edições e quanto mais antigas melhor.

2 comentários:

Luis Eme disse...

está bem. coleccionadora de preciosidades.

Anónimo disse...

A capa é mesmo estranha....Eu só mais comedido...tenho uma (foto)cópia do original.....cedida pela paula Cândido, há alguns anos atrás....Por acaso não tens original do catalão Ginner de los Rios?