Partilhando leituras

Livros sobre Caldas da Rainha, Rainha D. Leonor, Bordalo Pinheiro, caricaturas,

cerâmicas, gatos e algo mais...

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Galeria Bordaliana - Rodoviária do Tejo

Uma Galeria Bordaliana na Rodoviário do Tejo?

Muito temos lamentado o estado em que se encontram as paredes das Caldas da Rainha.

Mas há sempre uma excepção à regra.

Ultimamente dois os três prédios da cidade lavaram a cara e dão nas vistas pelo ar airoso com que se apresentam.

Muito visível, por ocupar toda um quarteirão, toda a parede da Rodoviária do Tejo que dá para a Rua Dr. Leão Azedo.

Branca, limpa, arranjada a pedir que se transforme numa galeria citadina. Posso dar uma ideia: que seja decorada com as figuras de movimento do Bordalo Pinheiro.

Que bem que ali ficavam, nesta nova rua pedonal convidativa ao passeio dos mais velhos e às brincadeiras da pequenada, os bonecos dançantes de Rafael: A Ama para tomar conta da miudagem; a Maria da Paciência para aconselhar atitudes; o Padre para abençoar os crentes; a Saloia para dar um pezinho de dança; o sacristão para incensar os ares; o Zé Povinho para balançar ao som da música dos políticos; o Policia para impor a lei …

E não íamos esquecer os restantes que se juntavam ao rancho…

Aqui fica a ideia à consideração da Rodoviária do Tejo ao mesmo tempo que a felicito pelos benefícios efectuados no interior da gare, onde até vasos de flores dão as boas vindas a quem chega e se despedem de quem parte.

Um exemplo a seguir pelo cuidado demonstrado na conservação dum edifício marcante da cidade. O meu agradecimento como utilizadora e as minhas felicitações como caldense. 

Sem comentários: