CAVACOS DAS CALDAS II

DICIONÁRIO GRÁFICO BORDALIANO

alguns livros, cerâmicas, belos gatos e algo mais...



terça-feira, 4 de maio de 2010

O Livro dos Seres Imaginários

O Livro dos Seres Imaginários
Jorge Luis Borges

"O Gato de Cheshire
e os Gatos de Kilkenny"

"Em inglês existe a expressão "grin líke a Cheshire cat" ("sorrir ironicamente como um Gato de Cheshire"). E foram propostas várias explicações. Uma, que em Cheshire vendiam queijos em forma de gato que ri. Outra, que Cheshire é um condado palatino ou curidom e que esta distinção nobiliária causou a hilariedade dos gatos. Outra, que nos tempos de Ricardo III, houve um guarda forestal Caterting, que sorria ferozmente ao defrontar-se com os caçadores furtivos.

No romance onírico Alice no Pais das Maravilhas, publicado em 1865, Lewis Carroli outorgou ao Gato de Cheshire o dom de desaparecer gradualmente até não deixar mais nada que o sorriso, sem dentes e sem boca. Dos gatos de Kilkenny refere-se que se riram furiosamente e se devoravam até não deixar mais do que rabos. A história data do século XVIII."

[Jorge Luis Borges / Margarita Guerrero. O Livro dos Seres Imaginários. Teorema. 2.ª Edição. Outubro de 2009.]

Fotografia de Margarida Araújo

2 comentários:

Isabel X disse...

"Gato escondido com orelhas de fora e gato semi-escondido, semi-à-vista no cimo de telhado de casa com mancha na parede!" É este o título que proponho para a incrível fotografia da Margarida Araújo. Muito bem apanhada, muito bem vista, esta fotografia. Assim é que se vê quem sabe ver, leia-se "tem arte", além de ter a máquina fotográfica a jeito.

Como pura e simplesmente adoro Borges e considero Lewis Carrol genial, limito-me a dar os parabéns à Isabel Castanheira pelo momento de inspiração, a que chamarei "felina", que a levou a construir um post tão criativo!

Claro que os gatos sorriem! Em cada movimento de seus ondulantes corpos há a ironia suprema de um constante sorriso!

- Isabel X -

Margarida Araújo disse...

e eu fico a fazer ron-ron
o título da Isabel acenta que nem uma luva
obrigrada às duas Isabéis, amigas,
companheiras de uma vis